Logomarca

Atualidades

Combate aos incêndios no Pantanal mobiliza 510 homens e seis aeronaves: incidência de focos é menor em três anos críticos

Publicado em 22 de Setembro de 2021

Desde 1º de junho o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul realiza uma das maiores forças-tarefas de combate e prevenção aos incêndios florestais no Pantanal, por meio da Operação Hefesto, que nesta terça-feira (21) completou 81 dias. Foram empregados 510 homens e 88 viaturas, seis aeronaves (Air Tractors e helicópteros), com apoio da Marinha, Exército, Imasul, Defesa Civil, policias civil e ambiental e prefeituras.

A operação é coordenada a partir de Corumbá, município pantaneiro com maior número de focos de calor todos os anos. Além do cenário crítico, com seca mais intensa do que em anos anteriores devido a crise hídrica, Corumbá concentra a maioria dos incêndios em razão de sua extensão territorial (64 mil km²), sendo o 11º maior município do Brasil. A principal base operacional de prevenção e combate aos focos foi instalada nesta cidade.

“Estamos combatendo os incêndios florestais com muito recurso operacional, contudo a situação é crítica por vários fatores: seca prolongada e intensa, crise hídrica severa e uma geada no meio do ano, que secou ainda mais a vegetação. Mesmo nestas condições extremas, estamos controlando os incêndios, os quais são em número menor do que nos dois últimos anos”, informou o coronel Hugo Djan Leite, comandante-geral do Corpo de Bombeiros.

Voltar

Diário Diretor: Nilson Pereira
Todos os direitos reservados

Alugue um site você também! FX Design