Logomarca

Atualidades

Aquidauana: de 13 mortes registradas, 11 são de indígenas nas aldeias da região

Publicado em 02 de Agosto de 2020

O número de infectados pelo coronavírus não para de crescer em Aquidauana e a situação é ainda mais preocupantes nas aldeias indígenas da região. No sábado (1º), a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento) confirmou a morte de mais um indígena no município. Agora, os indígenas já representam 84% do total de mortes por coronavírus em Aquidauana.

A nova morte registrada por de um indígena de 86 anos, que morava na aldeia Bananal. Ele morreu na quinta-feira (30) e a Sesau aguardava o resultado do teste, que foi confirmado para coronavírus. Ainda há uma morte de indígena em investigação e Sesau aguarda resultado do teste no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública).

Dos 13 óbitos registrados até o momento, 11 são de indígenas e dois de não indígenas - ou seja, indígenas representam 84% das mortes. A Vigilância Epidemiológica Municipal ainda informa que das 350 pessoas positivas ativas, 24 pessoas estão hospitalizadas, sendo 09 indígenas em leitos clínicos e 01 em leito de UTI e mais 12 não indígenas em leitos clínicos e 02 não indígena em UTI, atendidos nos Hospitais Regional de Aquidauana e CASSEMS. O Pantaneiro






Voltar

Diário Diretor: Nilson Pereira
Todos os direitos reservados

Alugue um site você também! FX Design