Logomarca

Atualidades

Museu de Planta com 71 mil exemplares de MS é fonte de pesquisa nacional e internacional

Publicado em 16 de Fevereiro de 2020

Mato Grosso do Sul possui uma grande diversidade de capital natural. Preservar e estudar esse material é de fundamental importância para o futuro da humanidade. Fundado em 1989, o Herbário CGMS que fica no Instituto de Biociências da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) possui 71 mil espécimes de plantas catalogadas.

Herbário, para quem não sabe, é uma coleção de plantas que após colhidas na natureza, passam por um processo de prensagem, depois vão para estufa onde passam por desidratação que dura em média três dias, e a última etapa é a da montagem da planta que é delicadamente montadas numa cartolina, com etiqueta e todos os dados referentes aquela espécie. Após todo esse processo chamado exsicata, é que elas são armazenadas dentro de armários de metal especiais que preservam a amostra.

Ao contar a história do local que tem como caraterística, plantas que reproduzem flores e frutos, a curadora e professora de biologia vegetal, Ângela Sartori lembra que nem sempre foi assim. Antes das parcerias que contribuíram para a aquisição de armários de metal adequados, a coleção era armazenada em armários de madeira que conforme o clima, poderiam passar umidade e acabar deteriorando as amostras.

Voltar

Diário Diretor: Nilson Pereira
Todos os direitos reservados

Alugue um site você também! FX Design