Logomarca

Atualidades

Reinaldo Azambuja quer pressa no acordo aduaneiro para o Corredor Bioceânico

Publicado em 22 de Agosto de 2019

Ao abrir a 8ª Reunião do Corredor Bioceânico, que segue até esta quinta-feira (22.8), em Campo Grande, o governador Reinaldo Azambuja destacou os avanços no campo da geopolítica e da infraestrutura entre Brasil, Paraguai, Argentine e Chile, reafirmando seu otimismo na consolidação da nova rota de integração comercial a curto prazo. O encontro, realizado no Hotel De Ville, conta com a presença de representantes dos quatro países.

Reinaldo Azambuja ponderou, no entanto, que o corredor vai além das questões que envolvem a logística, sendo imprescindível, enquanto se viabiliza a construção da ponte sobre o Rio Paraguai, entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta, e se executa a pavimentação do tramo no Paraguai, um aprofundamento no planejamento aduaneiro para superar barreiras.

“Sonhamos desde a década de 1960 com esse caminho, que está hoje muito mais estruturado, contudo temos que tomar decisões em conjunto para eliminarmos obstáculos aduaneiro e migratório e finalizarmos uma rota em potencial quanto à competitividade, crescimento e ampliação de mercados”, disse o governador. “O corredor será mais do que um caminho para levar riquezas, vai integrar nossos povos, e essa integração não pode ter barreiras.”

Voltar

Diário Diretor: Nilson Pereira
Todos os direitos reservados

Alugue um site você também! FX Design